São Paulo move medidas contra Daniel Alves
Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

As atitudes do lateral-direito Daniel Alves, que hoje defende o Barcelona, da Espanha, parecem ter chegado ao limite também do lado do São Paulo. O estopim teria sido as falas feitas no documentário da FIFA sobre sua jornada, em que o jogador teria feito uma analogia desabonadora entre o clube e um excremento – o que foi, de particular, negado pelo atleta. Nesse diapasão, surgiram rumores sobre a possibilidade de o Tricolor acioná-lo na Justiça, em vista de uma cláusula de confidencialidade prevista no distrato.

Quando do rompimento do liame entre o São Paulo e Daniel Alves, havia uma previsão contratual de que ambas as partes não poderiam de forma pública manifestar-se criticamente em relação ao outro. Com as reiteradas atitudes de Daniel em sentido contrário, o Globo Esporte apurou que o Tricolor, finalmente, teria tomado as medidas jurídicas cabíveis, sem afastar a possibilidade de levar mover uma demanda contra o jogador em caso de reincidência.

Confira a apuração completa do Globo Esporte clicando aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorIgor Vinícius se diz feliz e quer renovar; Marquinhos recusa renovação e deve sair
Próximo PostSão Paulo livra Ceni de suspensão com acordo no STJD
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.