Calleri:
Foto: Rummens

O argentino Jonathan Calleri, xodó da torcida são-paulina, concedeu entrevista ao programa Seleção Sportv no início da tarde de hoje (19), um dia após marcar o gol da vitória do São Paulo no clássico diante do Corinthians.

Na entrevista, o atacante do Tricolor fez questão de afirmar seu carinho pelo São Paulo: “Quando tomei a decisão de voltar, parece que aconteceu algo mágico. Quando visto essa camisa, parece que nasci para jogar aqui”, disse Calleri.

O atacante também comentou sobre sua passagem na Europa: “Para mim, é uma frustração não ter dado certo na Europa. No primeiro ano, quando joguei no futebol inglês, senti um pouco de dificuldade na adaptação. Joguei em equipes que não me forneciam situações de gols como tenho agora no São Paulo”.

Perguntado sobre a sua relação com o Deportivo Maldonado, clube uruguaio gerido por empresários, e que detêm os seus direitos econômicos, o argentino respondeu:

“Em um momento, tomei a decisão de acertar com um grupo de empresários, parecia que ia para um caminho e acabou indo para outro. Acredito que foi o pior erro que cometi. Não pude ficar em nenhum lugar, em nenhum lugar pude jogar por três anos em um mesmo clube, são cinco anos em que não jogo uma pré-temporada com a equipe. Quero ficar em um clube. O São Paulo me deu a possibilidade de voltar, me deu a possibilidade de um ano e meio de contrato”.

Calleri é motivo de preocupação para a comissão técnica e principalmente para a torcida do São Paulo, pois no jogo de ontem acabou sendo substituído após sentir dores na coxa. Na medida do possível, ele tentou tranquilizar a todos sobre sua situação física e comentou também sobre as recorrentes lesões do Tricolor ao longo da temporada:

“Ainda não fiz os exames. Acredito que estarei em alguns dias de volta. Eu vinha sem ritmo de jogo, eram quatro meses sem treinar em nenhum clube. Acredito que não tenha acontecido nada grave e espero estar de volta o quanto antes para ajudar. Com respeito à lesão dos outros, é verdade que houve muitas lesões. É muito individual, cada um precisa se cuidar para não se lesionar, e torço para não sofrermos mais baixas. Muitas vezes a equipe sentiu falta de jogadores por conta das lesões”.

O argentino é um provável desfalque para o próximo jogo diante do Red Bull Bragantino, dia 24 às 18h15, em Bragança Paulista.

Confira a entrevista completa de Calleri ao Seleção SporTV clicando aqui.

Post anteriorHoje é aniversário de Darío Pereyra, grande ídolo Tricolor
Próximo PostO São Paulo está na final da Copa do Brasil Sub-17