Dr. Turíbio comenta sobre mudanças no REFFIS do São Paulo
Foto: Reprodução / Dr Turíbio

Uma postagem realizada pelo Dr. Turíbio Leite de Barros em uma rede social, respondendo a um leitor, gerou debates na internet sobre como seria conduzida a modernização do REFFIS e departamento médico do São Paulo FC.

O Mestre e Doutor em Fisiologia do exercício foi um dos fundadores do REFFIS do São Paulo e havia se reconectado com o clube no início do ano, para comandar, de forma voluntária, a reformulação de um setor que vinha sendo alvo de muitas críticas, devido a inúmeras lesões no elenco.

O que o São Paulo diz?

Buscamos o São Paulo FC, que não se manifestou oficialmente sobre o caso, mas conversamos com algumas fontes do clube para entender os motivos da postagem e saída do Dr. Turíbio.

Segundo os relatos, o Dr. decidiu sair do São Paulo pois gostaria de coordenar o trabalho do DEM (Departamento de Excelência Médica), mas por questões de Compliance, não poderia exercer tal função, já que seu filho (Dr. Luis Fernando de Barros) trabalha no clube e não poderia haver esse conflito.

Desta forma, o Dr. Fernando Fernandes, fica com a atribuição de liderar a coordenação do DEM.

Em relação aos equipamentos que o Dr. Turíbio de Barros traria, fomos informados que o modelo de negociação seria realizado por comodato. Ou seja, teriam de ser pagos posteriormente, mas teria sido realizada uma avaliação interna e verificou-se que os aparelhos que foram oferecidos eram inferiores aos que já estavam no clube.

Como fica o processo de modernização das áreas após a saída do Dr. Turíbio?

De acordo com fontes que ouvimos, o processo de modernização, integração de todas as categorias e melhoria de equipe está seguindo o planejado. A declaração do técnico Rogério Ceni na última coletiva, sobre as lesões e prevenção, comprovaria isso.

Rogério Ceni esclarece questão sobre jogadores do São Paulo lesionados
Rogério Ceni comenta sobre lesionados em coletiva pós-jogo – Foto: São Paulo FC

Apesar de o elenco ter casos de jogadores com algumas lesões neste momento, que faz esse tema ser levantado, é perceptível que a maioria dos casos foi causada por traumas, entorses e outras situações imprevisíveis do futebol.

O único atleta do elenco a sofrer uma lesão muscular no momento, é Andrés Colorado, já que Luan teve uma avulsão, algo bem raro, numa situação atípica.

Comparando o período atual com o ano passado, os cenários traziam, na maior parte dos casos, lesões musculares como de músculo posterior de coxa e afins.

Buscaremos mais informações sobre toda a questão e como sempre, traremos aqui no Arquibancada Tricolor, tudo o que for apurado.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo teria interesse em dois atacantes, segundo jornalista
Próximo Post“O sonho do Vanderlei Luxemburgo era treinar o São Paulo”, afirma Mauro Beting
42 anos, paulistano, são-paulino e um dos criadores do Arquibancada Tricolor. Apaixonado por Formula 1, Futebol, boa música e tecnologia!