Belmonte e Ceni falaram sobre propostas feitas a Nestor.
Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

O meia Rodrigo Nestor foi um dos destaques do São Paulo no empate em 0x0 contra o Campinense, que deu a classificação ao Tricolor para a próxima fase e, de quebra, ainda rendeu um bônus milionário à equipe. Cria de Cotia, o jogador atuou um pouco mais avançado, deixando, inclusive, companheiros na cara do gol em ao menos duas oportunidades. Com sondagens do exterior, Nestor renovou em 2021 seu contrato com o São Paulo até 2024. Ainda assim, Carlos Belmonte e Ceni falaram sobre a possibilidade de ele deixar o time.

O diretor de futebol concedeu entrevista à Central do Mercado, do Globo Esporte. Entre outros assuntos atinentes ao São Paulo, falou sobre uma consulta à situação de David Neres, que está na zona de conflito do território ucraniano, e também sobre possíveis sondagens recentes em torno de Rodrigo Nestor.

Foi uma decisão que nós tomamos: não é porque estamos numa fase de recuperação financeira que vamos vender, por exemplo, o Rodrigo Nestor por 5 milhões de dólares. Não vamos. Rodrigo Nestor foi formado por nós, é talentoso, e isso vale para Igor Gomes e Sara“, disse Belmonte.

Ao falar diretamente sobre a proposta concreta do Dínamo de Kiev, o diretor afirmou ter recusado por ser um valor muito abaixo do que se espera para um jogador da qualidade de Nestor.

Quando recebemos a proposta, Rússia e Ucrânia não estavam em guerra. Analisamos apenas a proposta financeira naquele momento. Achamos que 5 milhões de euros pelo Rodrigo Nestor é um valor muito abaixo do que a gente espera em algum momento captar, porque reconhecemos nele um jogador de talento, que tem muito espaço para crescimento, pois é muito jovem. Então, o valor já não nos interessou naquele momento e agora isso nem entra mais em discussão. Nem se o Dínamo hoje dobrasse essa proposta eu não me sentiria confortável, como diretor do São Paulo, em deixar o Rodrigo Nestor ir à Ucrânia neste momento“, afirmou o diretor de futebol do Tricolor. Confira o depoimento clicando aqui.

Já o técnico Rogério Ceni foi questionado sobre uma possível saída de Nestor, que, em sua opinião, fez a melhor partida sob o seu comando neste ano contra o Campinense. No cerne do assunto, demonstrou desconhecimento acerca de qualquer sondagem sobre o seu atleta.

Achei o melhor jogo que ele fez comigo neste ano. Essa posição mais adiantada dele, chegando mais próximo do ataque, funciona bem. Ele deixou três vezes jogadores na cara do gol. (…) É um jogador bastante técnico e o auxílio do Pablo atrás dele tem sido importante para a contenção. Com isso, ele tem liberdade de flutuação. Fez uma ótima partida. Não sei absolutamente nada (sobre propostas). Soube agora de uma entrevista do Belmonte falando que houve uma proposta. Mas a mim não foi comunicado absolutamente nada. Eu desconheço qualquer proposta e a desconheço – se é que ela existiu“, explicou o treinador. Confira aqui a coletiva em que ele falou sobre o tema.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorBoletim Tricolor: repercussões do empate na Copa do Brasil, apresentação de reforço e reapresentação
Próximo PostSão Paulo relembra conquista do título brasileiro de 1986
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.