Primeiro jogo da Final - São Paulo x Palmeiras - 8
Foto: Rummens

É muito fácil ser comentarista de obra pronta, mas há pouco mais de 2 meses eu vim neste mesmo espaço dizer que não haviam expectativas para esta temporada, ou seja, chegar na final do Paulistão consegue não só superar as minhas expectativas de começo de temporada, como dão um pequeno alento para o restante do ano.

Poderia ter sido melhor?

Logicamente. Da mesma forma que poderia ter sido muito pior. Enfiamos três gols no bicampeão da América no primeiro jogo da final e tiramos a sua invencibilidade no campeonato. O que acontece é que fomos para o Allianz com uma vantagem considerável e em poucos mais de 20 minutos isso virou pó.

O São Paulo teve um início de campeonato muito conturbado e eu convido vocês à lerem a minha coluna de 31 de janeiro que está linkada no começo desta para relembrarem que parte da torcida já queria a cabeça de Rogério Ceni ali.

O que aconteceu depois? O time passou a render melhor, ganhamos clássicos contra Santos e Corinthians e no mata-mata ganhamos novamente do time de Itaquera, além da excelente apresentação no primeiro jogo da final. Infelizmente será bem complicado termos algo além disso na temporada.

Você torcedor, sabe quais são as metas do São Paulo na temporada? Eu te convido a ler esta matéria, com as metas definidas pelo conselho deliberativo no fim de 2021. Alcançamos a primeira e precisaremos ter muita sorte nos sorteios para que as metas das Copas sejam alcançadas. Não existe meta para títulos…

Sem imediatismo

O que muito se viu ontem foram torcedores pedindo a cabeça de Rogério Ceni, mais uma vez, assim como fizeram no começo do campeonato. Ou seja, esses “torcedores”, e coloco aqui entre aspas, pois são torcedores de vitórias e não torcedores do clube São Paulo, querem que o Tricolor permaneça na mesma mer#$ dos últimos 10 anos.

Rogério foi muito mal ontem, mas não é o único culpado pela derrota e pela perda do título. O mesmo Rogério que para alguns há 1 semana diziam ser o melhor treinador brasileiro em atividade no Brasil. Haja bipolaridade por parte de alguns torcedores!

O ano de 2022 do São Paulo continuará a ser muito duro. Eu ainda vejo que será um ano para não cair no Brasileirão, acho muito pouco provável que este time alcance o 6º lugar como planejado. Nas Copas, acho possível chegar as quartas de final da CdB, mas acho pouco provável chegar na final da Sul-Americana.

A meta ao meu ver deve ser chegar o mais longe possível em cada uma delas, para reduzir o rombo financeiro que as antigas gestões nos colocaram, e que a atual parece seguir o mesmo caminho, já que paga um caminhão de dinheiro para Patrick, Nikão e Eder, além de ter feito diversas contratações sem sentido, como Orejuela e Gabriel Neves.

Mais do que nunca, Salve o Tricolor Paulista!


*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorDerrota e episódio do celular com Calleri ganham repercussão internacional
Próximo Post“Os caras têm que ter vergonha de chegar em casa”, diz Nilson Cesar, sobre time do São Paulo
Um dos fundadores do Arquibancada Tricolor, fã do M1TO Rogério Ceni e amante do bom futebol. Tenho perdido algumas horas de sono vendo NBA e NFL.