Copa Sul-Americana 2012

Morumbi recebeu mais de 67 mil pessoas na noite de 12 de dezembro de 2012, quando brilhou a estrela de Lucas Moura, o jovem formado em Cotia que marcou o primeiro gol da vitória e deu assistência para Osvaldo fazer o dele e deixar o Tricolor com a vantagem de 2×0 no placar ainda no primeiro tempo.

O resultado desfavorável levou os argentinos à loucura, pois no final da primeira etapa eles não queriam saber mais de futebol, mas sim de partir para a agressão, o que obrigou o árbitro chileno Enrique Osses a distribuir diversos cartões amarelos.

No intervalo, continuaram a brigar e partiram para cima dos jogadores são-paulinos. A confusão foi geral. Tanto que decidiram não voltar para disputar o segundo tempo, assim, o título ficou com o São Paulo.

A conquista inédita quebrou um jejum de quatro anos sem títulos, já que o último havia sido o Campeonato Brasileiro de 2008. Depois do título de 2012, o Tricolor amargou quase 9 anos sem títulos oficiais, até a conquista do Campeonato Paulista em 2021.

Campanha

2ª fase – Jogo 1 – 01/08 : Bahia 0 x 2 São Paulo
2ª fase – Jogo 2 – 21/08 : São Paulo 2 x 0 Bahia
Oitavas de final – Jogo 1 – 26/09 : Liga de Loja 1 x 1 São Paulo
Oitavas de final – Jogo 2 – 24/10 : São Paulo 0 x 0 Liga de Loja (gols fora)
Quartas de final – Jogo 1 – 31/10 : Universidad do Chile 0 x 2 São Paulo
Quartas de final – Jogo 2 – 07/11 : São Paulo 5 x 0 Universidad do Chile
Semifinal – Jogo 1 – 22/11 : Universidad Católica 1 x 1 São Paulo
Semifinal – Jogo 2 – 28/11 : São Paulo 0 x 0 Universidad Católica (gols fora)
Final – Jogo 1 – 05/12 : Tigre 0 x 0 São Paulo
Final – Jogo 2 – 12/12 – São Paulo 2 x 0 Tigre

Ficha Técnica

12.12.2012
São Paulo (SP)
Estádio Cícero Pompeu de Toledo  – Morumbi

SÃO PAULO Futebol Clube 2 X 0 Club Atlético TIGRE (Argentina)

SPFC: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington, Jadson e Lucas; Osvaldo (Douglas, no intervalo) e Willian José. Técnico: Ney Franco.

Gols: Lucas (22min/1ºT); Osvaldo (27min1ºT).

CAT: Albil; Paparatto, Echeverría, Godoy e Orban; Ferreira, Galmarini, Díaz e Leone; Botta e Maggiolo. Técnico: Néstor Gorosito

Árbitro: Enrique Osses (Chile)

Assistente 1: Francisco Mondria (Chile)

Assistente 2: Carlos Astroza (Chile)

Renda: R$ 3.942.800,00

Público: 67.042 pagantes

Melhores Momentos

Partida na Íntegra

#ElCampeónVolvió

Curiosidades

  • O São Paulo contou com 4 representantes na Seleção do Campeonato, divulgado pela Conmebol: Rafael Tolói, Jadson, Lucas e o técnico Ney Franco. Lucas também foi eleito o melhor jogador do torneio e o melhor jogador da final.
  • Dos 5 maiores públicos da competição, quatro deles foram do São Paulo: Final, Semifinal, Quartas de Final e Oitavas de Final na ordem.
  • Para enfrentar a LDU de Loja, no Equador, o São Paulo viajou mais de 20 horas, com direito a 3 voos e uma viagem de ônibus, para enfrentar mais de 2 mil metros de altitude. O empate por 1 a 1 garantiu o Tricolor nas quartas de final, já que o jogo de volta no Morumbi terminou empatado sem gols.
  • Luís Fabiano não atuou na partida decisiva contra o Tigre, já que foi expulso na partida de ida em Buenos Aires. Fabuloso se envolveu em uma confusão com o argentino Donatti e ambos foram expulsos aos 15 minutos de jogo.
  • William José com 3 gols e Jadson, Lucas e Rafael Tolói com 2 gols, foram os principais artilheiros do Tricolor na competição.

Galeria de Fotos

Conteúdo Relacionado

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais