Copa Sul-Americana 2012
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Morumbi recebeu mais de 67 mil pessoas na noite de 12 de dezembro de 2012, quando brilhou a estrela de Lucas Moura, o jovem formado em Cotia que marcou o primeiro gol da vitória e deu assistência para Osvaldo fazer o dele e deixar o Tricolor com a vantagem de 2×0 no placar ainda no primeiro tempo.

O resultado desfavorável levou os argentinos à loucura, pois no final da primeira etapa eles não queriam saber mais de futebol, mas sim de partir para a agressão, o que obrigou o árbitro chileno Enrique Osses a distribuir diversos cartões amarelos.

No intervalo, continuaram a brigar e partiram para cima dos jogadores são-paulinos. A confusão foi geral. Tanto que decidiram não voltar para disputar o segundo tempo, assim, o título ficou com o São Paulo.

A conquista inédita quebrou um jejum de quatro anos sem títulos, já que o último havia sido o Campeonato Brasileiro de 2008. Depois do título de 2012, o Tricolor amargou quase 9 anos sem títulos oficiais, até a conquista do Campeonato Paulista em 2021.

Campanha

2ª fase – Jogo 1 – 01/08 : Bahia 0 x 2 São Paulo
2ª fase – Jogo 2 – 21/08 : São Paulo 2 x 0 Bahia
Oitavas de final – Jogo 1 – 26/09 : Liga de Loja 1 x 1 São Paulo
Oitavas de final – Jogo 2 – 24/10 : São Paulo 0 x 0 Liga de Loja (gols fora)
Quartas de final – Jogo 1 – 31/10 : Universidad do Chile 0 x 2 São Paulo
Quartas de final – Jogo 2 – 07/11 : São Paulo 5 x 0 Universidad do Chile
Semifinal – Jogo 1 – 22/11 : Universidad Católica 1 x 1 São Paulo
Semifinal – Jogo 2 – 28/11 : São Paulo 0 x 0 Universidad Católica (gols fora)
Final – Jogo 1 – 05/12 : Tigre 0 x 0 São Paulo
Final – Jogo 2 – 12/12 – São Paulo 2 x 0 Tigre

Ficha Técnica

12.12.2012
São Paulo (SP)
Estádio Cícero Pompeu de Toledo  – Morumbi

SÃO PAULO Futebol Clube 2 X 0 Club Atlético TIGRE (Argentina)

SPFC: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington, Jadson e Lucas; Osvaldo (Douglas, no intervalo) e Willian José. Técnico: Ney Franco.

Gols: Lucas (22min/1ºT); Osvaldo (27min1ºT).

CAT: Albil; Paparatto, Echeverría, Godoy e Orban; Ferreira, Galmarini, Díaz e Leone; Botta e Maggiolo. Técnico: Néstor Gorosito

Árbitro: Enrique Osses (Chile)

Assistente 1: Francisco Mondria (Chile)

Assistente 2: Carlos Astroza (Chile)

Renda: R$ 3.942.800,00

Público: 67.042 pagantes

Melhores Momentos

Partida na Íntegra

#ElCampeónVolvió

Curiosidades

  • O São Paulo contou com 4 representantes na Seleção do Campeonato, divulgado pela Conmebol: Rafael Tolói, Jadson, Lucas e o técnico Ney Franco. Lucas também foi eleito o melhor jogador do torneio e o melhor jogador da final.
  • Dos 5 maiores públicos da competição, quatro deles foram do São Paulo: Final, Semifinal, Quartas de Final e Oitavas de Final na ordem.
  • Para enfrentar a LDU de Loja, no Equador, o São Paulo viajou mais de 20 horas, com direito a 3 voos e uma viagem de ônibus, para enfrentar mais de 2 mil metros de altitude. O empate por 1 a 1 garantiu o Tricolor nas quartas de final, já que o jogo de volta no Morumbi terminou empatado sem gols.
  • Luís Fabiano não atuou na partida decisiva contra o Tigre, já que foi expulso na partida de ida em Buenos Aires. Fabuloso se envolveu em uma confusão com o argentino Donatti e ambos foram expulsos aos 15 minutos de jogo.
  • William José com 3 gols e Jadson, Lucas e Rafael Tolói com 2 gols, foram os principais artilheiros do Tricolor na competição.

Galeria de Fotos

Conteúdo Relacionado

Post anteriorTiago Volpi fala sobre a possibilidade de retornar ao Querétaro no futuro
Próximo PostBasquete Tricolor estreia com vitória sobre o Nacional na BCLA
A equipe do Arquibancada Tricolor trabalha diariamente para trazer notícias, matérias e opiniões sobre o São Paulo FC, desde 2008. O lema 'Futebol com Humor e Opinião' conduz nosso trabalho que alcança mais de 1 milhão e 500 mil seguidores nas mídias sociais.