Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises


Comente aqui tudo sobre o dia a dia do futebol profissional do São Paulo FC.
Temas como reforços, análise de jogadores, marketing e patrocínio estão aqui nesta seção.
Avatar do usuário
VamoSaoPaulo
Copa São Paulo de Juniores
Mensagens: 1013
Registrado em: Sáb Jun 10, 2017 5:48 pm
Localização: SP
Ídolo: Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por VamoSaoPaulo » Seg Jul 17, 2017 1:25 pm

Pravato escreveu:
Seg Jul 17, 2017 10:00 am
MarceloW escreveu:
Seg Jul 17, 2017 9:13 am
O pior mesmo é quando seus colegas de trabalho param de te zoar, que seja por pena ou pelo comportamento repetitivo da derrota.
Eu que tenho zoado o São Paulo ultimamente nos grupos do trabalho, pra ver se anima o pessoal :|
Brincadeira faz parte, assim como zoamos quando a galinhada e porcada caíram pra segundona :lol:

Tags:

Avatar do usuário
G Rabelo
Sub-15
Mensagens: 101
Registrado em: Seg Jun 12, 2017 8:53 pm
Localização: São Paulo/SP
Ídolo: Muller
Gênero:

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por G Rabelo » Qua Ago 09, 2017 12:56 am

Torcedor do São Paulo pede explicações ao Conselho Deliberativo.

O torcedor Luís Roberto Demarco enviou a seguinte carta a Marcelo Pupo, presidente do Conselho Deliberativo do São Paulo.

tExmo. Sr. Marcelo Abranches Pupo Barboza

Prezado Presidente do Conselho Deliberativo do São Paulo Futebol Clube,



Escrevo-lhe na qualidade de sócio do SPFC (Número 9054), Sócio Torcedor e Torcedor Apaixonado do Tricolor.

Sou empresário de tecnologia e há muito tempo ajudo o São Paulo sem qualquer remuneração, cargo ou ambição política. Fui responsável pela proposta de transformar o São Paulo em empresa, nas gestões de Fernando Casal Del Rey e Marcelo Portugal Gouveia. Fui chamado por Juvenal Juvêncio e Athaide Gil Guerreiro para estruturar corporativamente o futebol de base de Cotia, e mais recentemente na gestão Carlos Miguel Aidar/ Leco, fui responsável pela ideia e implementação do novo projeto Sócio Torcedor que mais que triplicou a quantidade de STs do São Paulo Futebol Clube, mesmo em uma época sem nenhum título no futebol.

Não sou de “Situação” ou “Oposição”, nem sei quais são as posições políticas das pessoas com que me relacionei no São Paulo, e minha ÚNICA agenda é ajudar o São Paulo a ser novamente o clube VENCEDOR que sempre o caracterizou.

Gostaria de pedir que os pontos a seguir sejam submetidos à apreciação do Conselho Deliberativo, para reflexão e discussão dos mais relevantes aspectos necessários à transparência da Administração do Clube e o consequente sucesso da Gestão dentro das melhores práticas de Governança Corporativa.

1) A Diretoria Executiva passou a ser remunerada dentro do novo Estatuto do Clube. Quais são os salários do Presidente e Diretores e quais as metas anuais ou semestrais a que esses “Executivos” se submetem e quem os avalia?



2) Em uma empresa, os executivos remunerados, incluindo o CEO/Presidente, podem ser destituídos/demitidos a qualquer tempo pelo Conselho de Administração. Como funciona isso em um Clube de Futebol como o São Paulo, uma vez que o Presidente tem mandato eleitoral. Ele pode ser demitido por “má performance” por exemplo?



3) Quem define a remuneração dos Diretores Executivos? Essa remuneração é tomada com base em que? Outros clubes tem esse tipo de remuneração? Ela é compatível com a situação financeira do São Paulo imaginando o clube como uma empresa? Os Diretores tem jornada de trabalho e expediente definidos, cumprem período de trabalho no clube? Quem fiscaliza tudo isso?



4) Por exemplo, tive a informação que o Diretor de Comunicações e Marketing, Sr. Marcio Aith, tem uma salário de 55 mil reais mensais e não tem jornada de trabalho definida dentro do SPFC, nem metas, nem resultados. Essa informação é verdadeira? O Sr. Marcio Aith trabalha exclusivamente pelo São Paulo Futebol Clube ou continua atuando informalmente como assessor do Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, enquanto possui provavelmente a maior remuneração dentro do SPFC excetuando-se os jogadores?



5) É verdade que o Sr. Marcio Aith, jornalista de profissão, e portanto sem nenhuma experiência para o cargo que ocupa (uma vez que a atividade mais relevante para o São Paulo é o Marketing com a busca de patrocínios), foi trazido para essa posição por ser “o melhor amigo do filho do Presidente Leco”? Seria esse um caso de NEPOTISMO dentro da gestão do SPFC? Existem outros casos?



6) É verdadeira a informação que a Diretoria Executiva se utiliza de carros Mercedes-Benz resultantes de uma parceria com a Concessionária Divena? Isso é correto? Uma Diretoria Executiva de um clube de futebol precisa ter “carro oficial”? Pior, o uso de um patrocínio do clube para benefício pessoal não constitui um desvio de finalidade? Não seria melhor converter o dinheiro dos carros e de sua manutenção para o caixa do SPFC?



7) Quais os limites do Presidente e da Diretoria Executiva para negociar valores de jogadores, comissões de empresários e intermediários, multas, etc? Por exemplo, existe notícia de que o Presidente do São Paulo assinou uma multa de 5 milhões de Reais para o Rogério Ceni como técnico ( que apesar de ídolo, é um técnico em início de carreira ) para ter uma performance de time de Segunda Divisão. Muito provavelmente o Rogério Ceni NUNCA ganhou mensalmente como jogador e ídolo maior do São Paulo em tantas campanhas vitoriosas, o mesmo que ganhou como técnico por um período curto e uma performance medíocre, se considerada essa multa. Em uma empresa um Presidente que cometesse tal leviandade, seria DEMITIDO sumariamente. Como isso funciona no São Paulo Futebol Clube?



8) Quais os controles que o São Paulo Futebol Clube possui em cima das milionárias transações de jogadores e empresários envolvidos? Algum órgão do SPFC revisa no detalhe os valores envolvidos, comissões pagas, impostos pagos e toda a documentação pertinente, incluindo um “check-list” de Práticas Anti-Corrupção, verificando todos os caminhos dos pagamentos efetuados?



9) Existe no clube algum órgão ou membro do Conselho de Administração ou Conselho Fiscal que revise mensalmente os números da Diretoria Executiva com o objetivo de garantir que não existam discrepâncias de valores de mercado ou melhores práticas de gestão? Por exemplo, alguém revisa os juros pagos aos bancos na dívida do São Paulo e periodicamente exercita uma renegociação com diversos bancos para reduzir os valores?



10) Qual a dificuldade do São Paulo Futebol Clube adotar a prática do “Open Book” dando total transparência nos números, metas e resultados da Diretoria Executiva? Isso traria para a liderança do clube uma pressão que existe em qualquer empresa de Capital Aberto, e que pode se refletir no bom exemplo para a cobrança natural na formação e operação de um time de futebol vencedor, que é o que todos objetivamos.



11) Existe um “limite máximo de idade” para Diretores Executivos? Por exemplo, na maioria das empresas de mercado esse limite está entre 63 e 70 anos no máximo, por considerar que o cargo executivo requer intensidade de atuação e energia, o que obviamente a idade naturalmente nos retira com o tempo. Somente como ilustração, na Argentina e em Portugal não se pode dirigir um carro depois dos 80 anos de idade. Inversamente entretanto, a sabedoria e a experiência aumentam com a idade e, por essa razão, normalmente os Conselhos de Administração das empresas são compostos por pessoas com maior experiência, algumas vezes fixando ( ao reverso das Diretorias Executivas ) uma idade mínima ao invés de máxima.



Tive recentemente uma experiência muito ruim que denotou a passividade, indecisão e omissão da Diretoria Executiva do São Paulo Futebol Clube. Isso e os resultados do time de futebol me motivam a trazer construtivamente estes questionamentos ao Conselho Deliberativo.

Copio aqui o Sr. Júlio Casares, que me conhece, sabe da minha contribuição e do meu caráter, e é membro do Conselho de Administração, para que também possa submeter este documento e questionamentos naquele importante órgão do clube dentro do novo Estatuto.

Tenho convicção absoluta que a tragédia futebolística que o São Paulo tem vivido nos últimos tempos, tem direta relação com os pontos abordados acima. A liderança, a energia, a determinação, a responsividade, a transparência e o BOM EXEMPLO fazem um time vencedor, e determinam parâmetros até mesmo para os jogadores de futebol dentro de campo.

Agradeço imensamente a atenção dos senhores a estes temas que me parecem extremamente relevantes.



Atenciosamente,



Luís Roberto Demarco




https://blogdomenon.blogosfera.uol.com. ... iberativo/
G Rabelo

Avatar do usuário
Senna
Administração
Mensagens: 279
Registrado em: Sex Mai 05, 2017 10:57 pm
Localização: São Paulo
Ídolo: Raí
Gênero:
Idade: 37

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Senna » Ter Ago 22, 2017 2:09 am

Mais uma para a série: Os Novos Trapalhões

Em reunião, Pinotti diz que Ceni não deixou legado e cita possível erro de avaliação com Maicosuel

Em reunião do Conselho desta segunda-feira, diretor executivo de futebol do São Paulo deu explicações sobre o futebol e disse que talvez houve falha na avaliação médica do reforço

Imagem
O diretor do São Paulo Vinicius Pinotti (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Por Marcio Porto - 21/08/2017 - 23:02

Em reunião do Conselho Deliberativo do São Paulo na noite desta segunda-feira, o diretor executivo de futebol Vinicius Pinotti disse que o técnico Rogério Ceni não deixou legado após a breve passagem no comando do time. Segundo o diretor, a intervenção se fez necessária e a situação seria pior hoje se não houvesse a demissão, no início de julho. No comando, Rogério disputou 37 jogos, com 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas. Ele deixou o time na zona do rebaixamento, sem vencer há seis rodadas.

Pinotti deu apoio a Dorival Júnior e disse que o contratou, entre outras coisas, pela experiência como treinador, e êxito em trabalhar com jogadores das categorias de base, uma das necessidades do São Paulo e objetivos há anos.

Em reunião do Conselho Deliberativo do São Paulo na noite desta segunda-feira, o diretor executivo de futebol Vinicius Pinotti disse que o técnico Rogério Ceni não deixou legado após a breve passagem no comando do time. Segundo o diretor, a intervenção se fez necessária e a situação seria pior hoje se não houvesse a demissão, no início de julho. No comando, Rogério disputou 37 jogos, com 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas. Ele deixou o time na zona do rebaixamento, sem vencer há seis rodadas.

Pinotti deu apoio a Dorival Júnior e disse que o contratou, entre outras coisas, pela experiência como treinador, e êxito em trabalhar com jogadores das categorias de base, uma das necessidades do São Paulo e objetivos há anos.
Ricardo Senna - Administrador
Futebol com Humor e Opinião

Imagem

Breno_DB
Dente de Leite
Mensagens: 96
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 10:13 am
Localização: São Paulo
Ídolo: Raí/Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Breno_DB » Ter Ago 22, 2017 9:05 am

Os caras vendem o time todo e depois falam que não houve legado! :lol:
Claro que o trabalho de Rogério teve todos os defeitos.. mas ainda que fosse um trabalho primoroso, como que ia ser mantido com a venda de tantos jogadores?
5 milhoes de multa... por causa de 4 meses até a eleição?

Também querem eximir a responsabilidade do Dpto Médico... pq cazzo então um jogador faz exames antes de assinar?
Como pode ter sido um erro do médico do Atlético Mineiro?
Se eu compro um carro usado, levo no meu mecanico pra olhar se tá tudo em ordem, né?
Agora, se eu compro um carro usado, não olho antes, daí ele quebra... posso falar que a culpa foi do mecanico do antigo dono? :lol:
Esses caras são comédias demais...

Mas enfim, nada anormal pro São Paulo dos ultimos anos. Sempre colocando a culpa nos outros e nas coisas, nunca deles.

Vem logo, rebaixamento. A cada dia mas acostumo mais com a idéia.

Guilherme
Sub-15
Mensagens: 199
Registrado em: Seg Jun 05, 2017 9:37 am
Localização: sao paulo
Ídolo: Rai

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Guilherme » Ter Ago 22, 2017 9:14 am

Ele não falou nenhuma mentira, MAS...

Ele é farinha do mesmo saco.

Rogerio Ceni e Pinotti se merecem, se unem a pessoas ruins por interesses próprios e o que os torna piores ainda? NÃO precisavam disso

Breno_DB
Dente de Leite
Mensagens: 96
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 10:13 am
Localização: São Paulo
Ídolo: Raí/Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Breno_DB » Ter Ago 22, 2017 9:19 am

Como não falou nenhuma mentira??

A reunião foi uma mentira.

https://saopaulo.blog/2017/08/21/exclus ... sao-paulo/

Shaolin
Sub-15
Mensagens: 254
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 7:44 am
Localização: São Paulo
Ídolo: Rogério Ceni
Gênero:

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Shaolin » Ter Ago 22, 2017 9:26 am

O Ceni foi muito idiota de destruir sua reputaçao sendo técnico num clube comandado por gângsters.
Quero ver agora se o orgulho do mito fala mais alto que o rabo preso com essa diretoria maldita. Ele tem que retaliar esse vendedor de perfume dos infernos.
Entra gente, sai gente do clube e ninguém pra denunciar os podres desses caras. Impressionante...

lepo
Mensagens: 48
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 11:50 pm
Localização: são paulo
Ídolo: Chicão
Gênero:

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por lepo » Ter Ago 22, 2017 10:24 am

1- O Depto de Futebol é uma merda, com suas contrataçoes bisonhas a preços estratosféricos e de jogadores de série C; não dá para acreditar que é somente burrice dos envolvidos - sugere justamente muita "eshhhperrteza" observando os casos Aidar, Jack, depto de marketing atual, e muitos outros envolvendo "empresários";

2- O Depto Médico é uma merda, dando aval a jogadores bichados e demorando para recuperar jogadores;

3- O Depto Jurídico é uma merda, há anos redigindo contratos furados, perdendo todos os tipos de litígios judiciais com ex-jogadores, e perdendo todos os casos na justiça desportiva, prejudicando financeiramente e desportivamente o SPFC.

Ou seja, o SPFC está sendo arregaçado de todos os lados, e não é sem motivo que a dívida foi de 35 milhoes para 300 milhoes em 4 anos......

dario1930
Sub-15
Mensagens: 295
Registrado em: Qua Mai 24, 2017 8:37 pm
Localização: Sao Paulo
Ídolo: Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por dario1930 » Ter Ago 22, 2017 1:42 pm

Bem...

Sobre Rogério, nem discuto: sem deixar de lado que cometeu um erro ao confiar excessivamente em uma capacidade nunca antes testada e assumir ESTE São Paulo, OBVIAMENTE não "deixou legado", até porque, com 6 meses e um grupo esfacelado no meio do caminho, NINGUÉM "deixa legado".

SIM, Ceni foi autoconfiante demais, certamente se arrogando mais preparado do que a FRAQUÍSSIMA capacidade da esmagadora maioria dos técnicos brasileiros, por ter feito cursos mesmo que elementares na Europa. E SIM, Ceni fracassou de forma retumbante e inegável, e mesmo a culpa da instituição foi um risco assumido conscientemente por quem tanto a conhece.

Agora, ao resto - porque viramos resto mesmo.

Escrevo sobre o que o São Paulo vem se tornando há tempos. Fui fuçar em posts antigos e encontrei texto em que atacava o loteamento político e o abandono da gestão do futebol já no fim de 2009.

Entre 2010 e 2011, quando se intensifica o "esforço" pelo Morumbi 2014, o engessamento político está configurado, e definitivamente Juvêncio escancara a centralização nas decisões e a "feudalização" do poder no clube, ao mesmo tempo em que simplesmente deixa de lado o futebol propriamente dito. Com o interesse focado em multiplicar ganhos financeiros, em compor a entourage do "camarada" Lula (JJ era inclusive filiado ao PT) e, assim, alicerçar uma dinastia política, Juvêncio abre mão de sua maior virtude (aqui, sem ironia): a forte presença junto ao grupo e a preocupação em estabelecer um vínculo com os atletas (mesmo que através de um pseudogerente como MAC).

Já anteriormente - de forma clara em 2009 -, evidencia um novo "modelo" de contratação, em pacotes, nos quais inclui atletas de reconhecida má conduta profissional. Torna-se explícito o abandono de critérios historicamente respeitados no clube, presumivelmente motivado pelo potencial de ganho com a comissão de empresários.

Nesse sentido, o surgimento de figuras como Pinotti é, mais que um risco, uma obviedade. Assim como o desespero de um clube decadente e em estado pré-falimentar ensejou um mecenas como Paulo Nobre e agora uma "proprietária" como Leila Pereira no Palmeiras.

Pinotti, como Adalberto e Casares - e até de forma muito mais explícita - COMPROU influência e um cargo diretivo no São Paulo. Ainda que seja (ou FOSSE) completamente honesto e bem-intencionado em relação ao clube, não tem estofo para assumir toda a complexa operação que envolve a gestão do futebol. Mal comparando, Nobre apelou para Brunoro no início (provavelmente memória afetiva), deu com os burros n'água, quase teve o time rebaixado e aí, resolveu afundar a mão no bolso e contratar Alexandre Mattos. Era a solução mais rápida e fácil, embora a mais cara - não apenas pelo salário, mas pela forma de compor elenco. Edu Gaspar mostrou-se melhor custo-benefício neste sentido...

Mas, voltando, enquanto o mecenas Paulo Nobre procurou, desde o princípio, apoiar-se em profissionais de gestão (isto também no Marketing, com sucesso), Pinotti pagou infinitamente menos pela posição e meteu-se a fazer de seu feeling de torcedor o "moto" de seu trabalho. E ao contrário do Luiz Cunha, que claramente tentou limpar os departamentos e iniciar uma reestruturação, Pinotti aceitou claramente o status quo - o que, por si só, depõe contra si e suscita desconfiança.

A patética falácia da "profissionalização" apenas expôs ainda mais a comédia de erros e o drama da corrupção entranhada no clube. Gente que ali já estava, sem qualquer demonstração de resultado - ou mesmo preparo - simplesmente passou a representar custo fixo ao clube. E quando se trouxe profissional de fora, quem diria, foi um diretor de marketing cuja empresa é envolvida com dezenas de processos por estelionato na Copa do Mundo. E cá estamos nós, à beira do descenso, ainda tendo de acompanhar um caso de polícia que deve redundar em milhões em prejuízo com indenizações e ainda com o processo ao pilantra. Ora, como não ter a CONVICÇÃO de que o sujeito foi posto ali justamente para fazer aquilo que fez?
Com quem rachava o lucro é o que falta descobrir (FALTARIA, porque certamente será abafado).

Como se percebe, ao contrário do Rogério, Juvêncio deixou um legado...

Por fim, vale sempre lembrar do nosso Centro de Excelência... em falcatruas e contravenções.

O "Projeto Cotia" já se tornara realidade quando Juvenal deu o golpe do terceiro mandato (ah, e como escrevi sobre isto).

Geraldo, o lugar-tenente de Juvêncio, sabidamente "negociava" com representantes e pais de atletas, escolhia pessoalmente aqueles que teriam acesso ao Olimpo do futebol de base (naturalmente não por critério técnico, mas por conveniência e interesse do patrão e de seus apadrinhados). Assim, jamais tivemos no período um ÚNICO fora-de-série formado na maior e mais cara estrutura destinada a isto no continente. O único que se aproximou dessa condição foi Lucas, que o São Paulo foi busca no rival, aproveitando-se do descuido corinthiano.

Desde a sua criação, Cotia constituiu-se tão somente em balcão de negócios, entreposto de venda de jovens, a maioria dos quais negociados sem sequer pisar o gramado do Morumbi, portanto por valores irrisórios, em prol do ganho rápido. Lucas, a grande exceção, foi talento descoberto e forjado na escolinha do ídolo rival e "surrupiado" do tal "terrão".

Não por acaso, depois da demissão de Geraldo e da escancarada briga de Aidar e Juvêncio pelo controle de Cotia, finalmente Leco foi obrigado a impor ALGUM critério à formação e, com fundamental trabalho do Luiz Cunha, veio do Grêmio o grupo que reestruturou o trabalho de análise e observação, incluindo Jardine, e o clube voltou a ter protagonismo ao menos até o sub-20, revelando não um jogador em 15 anos, mas dois em apenas 2 anos, Araújo e Neres. Pena que em vez de amadurecerem e nos proporcionarem algo, ambos serviram para amenizar rombo financeiro.

Chega a ser risível todo esse questionamento do Conselho AGORA - e, bem o sabemos, pela iminência do rebaixamento e pela catástrofe financeira a ponto de rebentar de vez.

E, lembrando a obra surrealista do saudoso Federico, la nave và... al fondo.

Guilherme
Sub-15
Mensagens: 199
Registrado em: Seg Jun 05, 2017 9:37 am
Localização: sao paulo
Ídolo: Rai

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Guilherme » Ter Ago 22, 2017 2:11 pm

Dario Ceni foi auto confiante demais com 5 milhas garantidas
Ceni ajudou a colocar o Pinotti la
Ceni ajudou a eleger JJ, Leco e Aidar
Ceni participou de contratações a maioria MUITO questionável

Portanto não confundam o goleiro Ceni com a pessoa, ele não é melhor que esses lixos que comandam o tricolor e sim mais do mesmo

joaoborges60
Dente de Leite
Mensagens: 75
Registrado em: Seg Jul 31, 2017 10:19 am
Ídolo: Careca

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por joaoborges60 » Ter Ago 22, 2017 3:21 pm

Caro Breno,

Perdão mas o São Paulo não vendeu "o time todo".

Isto é uma falácia para justificar possíveis problemas que existentes, não é porque "vendeu o time todo".

Novamente , quem foi vendido/saiu do São Paulo ?

> David Neres
> Maicon
> Lyanco
> Thiago Mendes
> Neilton ( veio e foi , sem deixar saudades)
> Augusto Galvan ( por acaso o conhece ?)
> Luiz Araujo
> João Schmidt ( não foi vendido mas sim, já tinha decidido em ir embora para a Atalanta)

Onde está o "time todo" aí nessa lista se Lyanco, Galvan, nem jogaram ?

Alguma saudade de Neilton ?

Saudades do "God of Zaga" , que nos enterrou na Libertadores de 2016 e este ano, inumeras cagadas na defesa ?

De todos, os unicos que eu lamento são : David Neres e Luiz Araujo.

O resto, jogadores que não fazem a mínima falta.

É uma falácia que serve para a maior parte da imprensa preguiçosa, excetuando poucos que resolveram questionar a qualidade de quem foi vendido, como Mauro Cézar Pereira, da ESPN, por quem não morro de amores.

Não vendeu o time inteiro de maneira alguma !!

Questiono sim a qualidade dos que vieram como Cicero , Marcinho, Thomaz , Edimar, na época de Rogerio Ceni e mais recentemente Maicosuel, Denilson, Petros ( me engana que eu gosto ), Gomez, Bruno Alves e mesmo Jucilei e Lucas Pratto, por dinheiro que não tinhamos.

Apenas Hernanes parece ser unanimidade.

Saudações.

Breno_DB escreveu:
Ter Ago 22, 2017 9:05 am
Os caras vendem o time todo e depois falam que não houve legado! :lol:
Claro que o trabalho de Rogério teve todos os defeitos.. mas ainda que fosse um trabalho primoroso, como que ia ser mantido com a venda de tantos jogadores?
5 milhoes de multa... por causa de 4 meses até a eleição?

Também querem eximir a responsabilidade do Dpto Médico... pq cazzo então um jogador faz exames antes de assinar?
Como pode ter sido um erro do médico do Atlético Mineiro?
Se eu compro um carro usado, levo no meu mecanico pra olhar se tá tudo em ordem, né?
Agora, se eu compro um carro usado, não olho antes, daí ele quebra... posso falar que a culpa foi do mecanico do antigo dono? :lol:
Esses caras são comédias demais...

Mas enfim, nada anormal pro São Paulo dos ultimos anos. Sempre colocando a culpa nos outros e nas coisas, nunca deles.

Vem logo, rebaixamento. A cada dia mas acostumo mais com a idéia.

dario1930
Sub-15
Mensagens: 295
Registrado em: Qua Mai 24, 2017 8:37 pm
Localização: Sao Paulo
Ídolo: Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por dario1930 » Ter Ago 22, 2017 4:15 pm

Guilherme escreveu:
Ter Ago 22, 2017 2:11 pm
Dario Ceni foi auto confiante demais com 5 milhas garantidas
Ceni ajudou a colocar o Pinotti la
Ceni ajudou a eleger JJ, Leco e Aidar
Ceni participou de contratações a maioria MUITO questionável

Portanto não confundam o goleiro Ceni com a pessoa, ele não é melhor que esses lixos que comandam o tricolor e sim mais do mesmo
Não, Guilherme. JUVENAL colocou Pinotti lá, quando, já com dívida superior a 700 milhões, o clube quis o gênio Centurion e não tinha dinheiro, nem crédito, para contratá-lo. Desde então, o Menino Boticário galgou, por atrelamento financeiro, os degraus do poder no clube.

Ceni não penetra a estrutura de poder do São Paulo, apenas, pela força que tem junto à torcida, conseguiu pressioná-la. Sua demissão, as declarações de Leco e, agora, as de Pinotti, mostram mui claramente que Rogério, agora desgastado pela péssima experiência como técnico, não tem mais influência NENHUMA - nem o poder coercitivo que tinha como atleta.

Ceni jamais teve influência nenhuma em eleições, sua única manifestação foi contrária à pessoa de Paulo Amaral, com IMENSA razão. Eleição de clube não é eleição de urna, influenciada por "celebridade". Quem tem direito a voto não é massa de manobra de ídolo, e sim massa de manobra de cardeais e grupos que negociam cargos e "melhorias" na porcaria da estrutura social - que aliás, no São Paulo é uma merda. Pinheiros e Paulistano fazem o sócio daquela merreca morrer de vergonha. Até o Palmeiras é muito mais clube no social, Juventus (o da Mooca mesmo) idem.

Rogério é egocêntrico? Também sou. E muito "altruísta" por aí é mais ainda.

Rogério "peca aos olhos do Senhor", tem ambição e prioridades pessoais? Sim. Ele e a torcida do Flamengo. Madre Teresa e Irmã Dulce são as únicas exceções que conheço, alegadamente.

Rogério técnico foi um fracasso? Ô se foi, e tem sua culpa nisso, mas 15 ou 16 técnicos "experientes" fracassaram na última década.

O "cenista" criticou a esculhambação ao ídolo, ao profissional (unanimemente elogiado por quem é doramo e o acompanhou diariamente) e à pessoa, que se não é o Papa Francisco ou Albert Sabin, também não é Stalin, Hitler, ou Beria, ou Himmler. E também não passa nem perto de ser Dagoberto, Carlos Alberto ou... Cueva, no que tange à postura em relação ao clube.

Avatar do usuário
VamoSaoPaulo
Copa São Paulo de Juniores
Mensagens: 1013
Registrado em: Sáb Jun 10, 2017 5:48 pm
Localização: SP
Ídolo: Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por VamoSaoPaulo » Ter Ago 22, 2017 5:25 pm

Essa diretoria eh uma piada pronta de paspalhos

Tentanto explicar o inexplicável

Online
Avatar do usuário
Pravato
Administração
Mensagens: 580
Registrado em: Sex Mai 05, 2017 5:46 pm
Localização: São Paulo - SP
Ídolo: Rogério Ceni
Gênero:
Idade: 32

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Pravato » Ter Ago 22, 2017 6:05 pm

Rogério não teria deixado legado em 6 meses nem se tivesse ganho o Paulista e encaminhado o clube nas demais competições. Não existe como no futebol construir legado em apenas 6 meses.

Esse cidadão é um brincalhão! Deveria ter hombridade e assumir seus erros e ir embora. Não é do ramo, simples assim.
Mário Pravato Junior
Administração
Twitter: https://twitter.com/pravato

Shaolin
Sub-15
Mensagens: 254
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 7:44 am
Localização: São Paulo
Ídolo: Rogério Ceni
Gênero:

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Shaolin » Ter Ago 22, 2017 6:07 pm

Pravato escreveu:
Ter Ago 22, 2017 6:05 pm
Esse cidadão é um brincalhão! Deveria ter hombridade e assumir seus erros e ir embora. Não é do ramo, simples assim.
O mais realista seria o Pinotti mudar o nome para Juvenal Segundo e reinar no SPFC até o dia da própria morte. Ou da morte do clube, o que vier antes.

Breno_DB
Dente de Leite
Mensagens: 96
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 10:13 am
Localização: São Paulo
Ídolo: Raí/Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Breno_DB » Qua Ago 23, 2017 5:34 pm

joaoborges60 escreveu:
Ter Ago 22, 2017 3:21 pm
Caro Breno,

Perdão mas o São Paulo não vendeu "o time todo".

Isto é uma falácia para justificar possíveis problemas que existentes, não é porque "vendeu o time todo".

Novamente , quem foi vendido/saiu do São Paulo ?

> David Neres
> Maicon
> Lyanco
> Thiago Mendes
> Neilton ( veio e foi , sem deixar saudades)
> Augusto Galvan ( por acaso o conhece ?)
> Luiz Araujo
> João Schmidt ( não foi vendido mas sim, já tinha decidido em ir embora para a Atalanta)

Onde está o "time todo" aí nessa lista se Lyanco, Galvan, nem jogaram ?

Alguma saudade de Neilton ?

Saudades do "God of Zaga" , que nos enterrou na Libertadores de 2016 e este ano, inumeras cagadas na defesa ?

De todos, os unicos que eu lamento são : David Neres e Luiz Araujo.

O resto, jogadores que não fazem a mínima falta.

É uma falácia que serve para a maior parte da imprensa preguiçosa, excetuando poucos que resolveram questionar a qualidade de quem foi vendido, como Mauro Cézar Pereira, da ESPN, por quem não morro de amores.

Não vendeu o time inteiro de maneira alguma !!

Questiono sim a qualidade dos que vieram como Cicero , Marcinho, Thomaz , Edimar, na época de Rogerio Ceni e mais recentemente Maicosuel, Denilson, Petros ( me engana que eu gosto ), Gomez, Bruno Alves e mesmo Jucilei e Lucas Pratto, por dinheiro que não tinhamos.

Apenas Hernanes parece ser unanimidade.

Saudações.
Mauro,

Não dá pra isentar a diretoria de culpa. Não dão condições de trabalho pra nenhum treinador deixar legado.
Não tenho saudade de vários jogadores dessa lista. Mas era o que tinha e perder as peças em uso, apesar de ruins, atrapalham o trabalho de qualquer treinador.

joaoborges60
Dente de Leite
Mensagens: 75
Registrado em: Seg Jul 31, 2017 10:19 am
Ídolo: Careca

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por joaoborges60 » Qui Ago 24, 2017 12:20 pm

Breno,

Não existe certeza da mesma forma que não existe certeza em manter técnico.

Se assim fosse, bastava os 20 times deixarem os técnicos e elencos desde o inicio do campeonato e todos seriam campeões ?

O SPFC trouxe , com aplausos da torcida, Jucilei, Pratto e recentemente Hernanes.

Um "plus" perto dos que sairam. Repito, lamento por Luiz Araujo (principalmente) e David Neres ( menos porque jogou pouco)

Só que futebol não é LEGO e basta encaixar as peças do brinquedo conforme o manual.

Há erros sem duvida mas seria simples se fosse simples.

Olhe o exemplo do Palmeiras...e aí, perderam TUDO !.

Olhe o exemplo do decantado Gremio, perderam Estadual, agora a Copa do Brasil , estão 10 pontos atrás no Brasileirão e se bobear, ficam fora da Libertadores.

E ????
Breno_DB escreveu:
Qua Ago 23, 2017 5:34 pm
joaoborges60 escreveu:
Ter Ago 22, 2017 3:21 pm
Caro Breno,

Perdão mas o São Paulo não vendeu "o time todo".

Isto é uma falácia para justificar possíveis problemas que existentes, não é porque "vendeu o time todo".

Novamente , quem foi vendido/saiu do São Paulo ?

> David Neres
> Maicon
> Lyanco
> Thiago Mendes
> Neilton ( veio e foi , sem deixar saudades)
> Augusto Galvan ( por acaso o conhece ?)
> Luiz Araujo
> João Schmidt ( não foi vendido mas sim, já tinha decidido em ir embora para a Atalanta)

Onde está o "time todo" aí nessa lista se Lyanco, Galvan, nem jogaram ?

Alguma saudade de Neilton ?

Saudades do "God of Zaga" , que nos enterrou na Libertadores de 2016 e este ano, inumeras cagadas na defesa ?

De todos, os unicos que eu lamento são : David Neres e Luiz Araujo.

O resto, jogadores que não fazem a mínima falta.

É uma falácia que serve para a maior parte da imprensa preguiçosa, excetuando poucos que resolveram questionar a qualidade de quem foi vendido, como Mauro Cézar Pereira, da ESPN, por quem não morro de amores.

Não vendeu o time inteiro de maneira alguma !!

Questiono sim a qualidade dos que vieram como Cicero , Marcinho, Thomaz , Edimar, na época de Rogerio Ceni e mais recentemente Maicosuel, Denilson, Petros ( me engana que eu gosto ), Gomez, Bruno Alves e mesmo Jucilei e Lucas Pratto, por dinheiro que não tinhamos.

Apenas Hernanes parece ser unanimidade.

Saudações.
Mauro,

Não dá pra isentar a diretoria de culpa. Não dão condições de trabalho pra nenhum treinador deixar legado.
Não tenho saudade de vários jogadores dessa lista. Mas era o que tinha e perder as peças em uso, apesar de ruins, atrapalham o trabalho de qualquer treinador.

Breno_DB
Dente de Leite
Mensagens: 96
Registrado em: Sáb Jun 03, 2017 10:13 am
Localização: São Paulo
Ídolo: Raí/Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por Breno_DB » Qui Ago 24, 2017 1:29 pm

Pois é, justamente isso... se esses times que investiram bem mais não tem nenhum legado, imagina o nosso...

Que contrata a esmo, sem critério.
Que só pensa me vender.
Que tem uma preparação física medonha.
Que tem um departamento de análise aparentemente não serve pra nada.
Que o departamento médico comete erros graves (Maicosuol e o caso da "pomada" do Cueva" por exemplo).
E aí o cara vai falar que não tem legado??

Claro que não tem, e não vai ter.

Avatar do usuário
VamoSaoPaulo
Copa São Paulo de Juniores
Mensagens: 1013
Registrado em: Sáb Jun 10, 2017 5:48 pm
Localização: SP
Ídolo: Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por VamoSaoPaulo » Dom Ago 27, 2017 7:05 pm

Palmas, Muitas Palmas para essa diretoria :palmas

EXEMPLO DE GESTÃO!!!

MERECEM O SALÁRIO DE 27 MIL REAIS POR MÊS DE CEO

Acho q nem deixando um POSTE, UM BONECO DE OLINDA no banco da presidência conseguiria fazer pior q isso kkkkkkkkkk!!! :lol:

Avatar do usuário
VamoSaoPaulo
Copa São Paulo de Juniores
Mensagens: 1013
Registrado em: Sáb Jun 10, 2017 5:48 pm
Localização: SP
Ídolo: Rogério Ceni

Re: Política Tricolor - Notícias, Opiniões e Análises

Mensagem por VamoSaoPaulo » Dom Ago 27, 2017 7:06 pm

Moleza eh ganhar 27 mil reais pra deixar o time na Zona de Rebaixamento :lol:

Responder

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Google [Bot], Pravato e 1 visitante